domingo, maio 28, 2006

"Righteousness is easy in retrospect"
(Arthur Schlesinger, Jr.)



O metropolitano de Lisboa está prestes a ser atacado em vários pontos por uma rede terrorista à hora de ponta. A única maniera de evitar este desfecho trágico é:

1) torturando um membro da rede terrorista entretanto capturado em flagrante delito; ou,

2) violando uma convenção internacional que impede a detenção dos suspeitos em causa (cidadãos estrangeiros) por mais de 24 horas sem serem apresentados a juízo; ou,

3) desrespeitando os direitos humanos do "cérebro" da operação (contra quem não há provas de qualquer envolvimento!) prendendo-o e não o deixando comunicar com ninguém durante vários dias.

E a Fernanda Câncio como é que responderia a estes diferentes dilemas? Já agora, anda de metro? E mais, ainda se lembra onde estava às 9 da manhã do dia 7 de Julho de 2005? Eu sim.

FA

sábado, maio 27, 2006

San Isidro 2006

Sebastián Castella

Foi preciso vir viver para Londres para, graças aos milagres da tecnologia, assistir a quase todas as corridas da feira de San Isidro em Madrid.

Não têm sido más as corridas mas ando é a ver se vejo a Rita nos grandes planos da assistência. Rita, que tal um daqueles cartazes "NQdI, Estou Aqui"?!

FA
Triénio



Eu sei, eu sei, a produção dos "bloggers imperialistas" não tem sido aquela que os nossos milhares de leitores desejariam. Pronto, centenas... Vá, dezenas e não se fala mais nisso...

Em todo o caso sempre são três anos e cabe agradecer os votos de parabéns do André, do António, da Charlotte, do César, do Luis, do Mário, e os demais que o Technorati não acusa.

FA

domingo, maio 21, 2006

É MUITO AZAR



Estar fora do país precisamente quando, em Lisboa, acontecem a cow parade e a a reabertura do Campo Pequeno.

JV

sábado, maio 20, 2006

On the go



THE SPINTO BAND - NICE AND NICELY DONE

FA
Friedrich August von quem?

SOCIALIST
You have two cows.
The government takes one and gives it to your neighbour.
You form a cooperative to tell the others how to manage their cows.

COMMUNIST
You have two cows.
The government seizes both and provides you with milk.
You wait in line for hours to get it.
It is expensive and sour.

CAPITALISM, AMERICAN STYLE
You have two cows.
You sell one, buy a bull, and build a herd of cows.

BUREAUCRACY, AMERICAN STYLE
You have two cows.
Under the new farm program the government pays you to shoot one, milk the other, and then pours the milk down the drain.

DEMOCRAT
You have two cows.
Your neighbour has none.
You feel guilty for being successful.
Barbara Streisand sings for you.

REPUBLICAN
You have two cows.
Your neighbour has none.
So?

AMERICAN CORPORATION
You have two cows.
You sell one, lease it back to yourself and do an IPO on the 2nd one.
You force the two cows to produce the milk of four cows. You are surprised when one cow drops dead. You spin an announcement to the analysts stating you have downsized and are reducing expenses.
Your stock goes up.

FRENCH CORPORATION
You have two cows.
You go on strike because you want three cows.
You go to lunch and drink wine.
Life is good.

JAPANESE CORPORATION
You have two cows.
You redesign them so they are one-tenth the size of an ordinary cow and produce twenty times the milk.
They learn to travel on unbelievably crowded trains.
Most are at the top of their class at cow school.

GERMAN CORPORATION
You have two cows.
You engineer them so they are all blond, drink lots of beer, give excellent quality milk, and run a hundred miles an hour.
Unfortunately they also demand 13 weeks of vacation per year.

ITALIAN CORPORATION
You have two cows but you don't know where they are.
While ambling around, you see a beautiful woman.
You break for lunch.
Life is good.

RUSSIAN CORPORATION
You have two cows.
You have some vodka.
You count them and learn you have five cows.
You have some more vodka.
You count them again and learn you have 42 cows.
The Mafia shows up and takes over however many cows you really have.

TALIBAN CORPORATION
You have all the cows in Afghanistan - which are two.
You don't milk them because you cannot touch any creature's private parts.
You get a $40 million grant from the US government to find alternatives to milk production but use the money to buy weapons.

IRAQI CORPORATION
You have two cows.
They go into hiding.
They send radio tapes of their mooing.

POLISH CORPORATION
You have two bulls.
Employees are regularly maimed and killed attempting to milk them.

BELGIAN CORPORATION
You have one cow.
The cow is schizophrenic.
Sometimes the cow thinks she's French, other times she's Flemish.
The Flemish cow won't share anything with the French cow.
The French cow wants control of the Flemish cow's milk.
The cow asks permission to be cut in half.
The cow dies happy.

FLORIDA CORPORATION
You have a black cow and a brown cow.
Everyone votes for the best looking one.
Some of the people who actually like the brown one best accidentally vote for the black one.
Some people vote for both. Some people vote for neither. Some people can't figure out how to vote at all.
Finally, a bunch of guys from out-of-state tell you which one you think is the best-looking cow.

CALIFORNIA CORPORATION
You have millions of cows.
They make real California cheese.
Only five speak English.
Most are illegals.
Arnold likes the ones with the big udders

FA

quinta-feira, maio 18, 2006

Regime das Incompatibilidades

Ser bloguista num blogue com três anos é bastante incompatível com ter um filho de três meses.

FA
OLHA QUE NÃO

Já eras pessoa.

JV

terça-feira, maio 16, 2006

EU, POR EXEMPLO, GOSTO MUITO DE NASCER EM VISEU. MAS HÁ 26 ANOS QUE NÃO TENHO TIDO OPORTUNIDADE. E, DA ÚNICA VEZ QUE A TIVE, NÃO ERA AINDA PESSOA


FMS

sábado, maio 13, 2006

quarta-feira, maio 10, 2006

CENAS DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA - 19: o belga

Sem delongas ou intróitos, quatro diálogos esclarecedores.




- Não pode passar.
- Porquê?
- Porque está aí uma barreira.
-Sim, eu vejo a barreira, mas por que é que não posso passar?
- Porque está aí a barreira.
- (Irritado) Eu já percebi que está aí uma barreira mas por que é que ela está aí?!
- C'est la barrière, c'est la barrière...

- (Pergunta a um polícia) Posso estacionar aqui?
- Se houver algum sinal a indicar que não pode, não pode. Se não houver, pode.


- Quanto custa um bilhete para Munique?
- O serviço de informações está fechado, aqui é a bilheteira.
- Vende bilhetes, certo?
- Certo.
- Então qual é o preço de um bilhete para Munique?
- Vai comprar?
- Depende do preço.
- Então não posso dar-lhe essa informação.
- Porquê?!
-Porque eu vendo bilhetes, não dou informações. E as informações estão fechadas. Venha cá amanhã antes das 18.

- (ao telefone) Tenho uma fuga numa torneira, quando é que cá pode vir?
- Para a semana dá-lhe jeito?
- Não! Tenho uma fuga numa torneira! Não posso esperar tanto tempo!
- Então vou aí amanhã depois da uma, que hoje já é muito tarde (eram 4 horas).
- (No dia seguinte, às 2 e meia da tarde) Tenho estado à sua espera.
- Sim, mas eu disse que chegava depois da uma.
- Precisamente, são duas e meia! A que horas tencionava vir?
- Por volta das 4.
- Ouça, eu tenho uma fuga numa torneira há vários dias, importa-se de vir JÁ?!
- (Às três e meia, em casa) Já percebi qual é o problema.
- Então?
- É exactamente aquilo que me disse ao telefone: uma fuga na torneira.
- E?
- Agora vamos ter que marcar outro dia para eu a vir arranjar.


JV
NQdI - Sector 1



A barra de ouro é nossa.

JV

sábado, maio 06, 2006

terça-feira, maio 02, 2006

IN SECULO SECULORUM

Alguns leitores mais atentos fizeram o favor de notar que este blog não é actualizado desde o Domingo de Páscoa.

Não é fácil, para conservadores com um alto índice de culpa judaico-cristã, retirar a imagem de Cristo Ressuscitado do início da página. No entanto, e bem passada a Pascoela e o S. George´s day, lá esperamos voltar a escrever neste esquecido blog.

DBH